Câmara de Ribeirão derruba veto do executivo sobre coletores de chorumes

Pelo amplo placar de 12 votos pela derrubada contra 5 favoráveis, os vereadores de Ribeirão Pires derrubaram na tarde desta terça-feira (16) o veto ao Projeto de Lei nº 021/2018 de autoria do vereador Amigão D’orto (PTC) que prevê a obrigatoriedade de instalação de coletores de Chorume nos caminhões usados para prestação do serviço de coleta de lixo em Ribeirão Pires.

Antes da votação, o autor do projeto, vereador Amigão, ocupou a Tribuna e defendeu a sua proposta.

Essa proposta que apresentei teve o voto unanime desta Casa de Lei e teve parecer favorável do Departamento Jurídica da Câmara. O chorume é o sumo concentrado do lixo que fica armazenado nos caminhões de coleta. Além de exalar mal cheiro, pode ser vetor de doenças. A inibição de derramento do chorume é um ato ecologicamente correto e não podemos perder a oportunidade de preservar o meio ambiente e zelar pela qualidade de vida e saúde das pessoas”, argumentou o parlamentar.

Após a derrubada do veto, o Projeto de Lei segue para o executivo para apreciação com prazo de 15 dias para sanção ou não. Caso, dentro deste prazo, o Projeto não seja sancionado, competirá ao presidente da Câmara de vereadores sancionar o PL 021.

Deixe uma resposta